Pesquisar

Autenticação






Esqueceu a senha?
Sem conta? Criar Conta!
Freguesia de Lagoaça PDF Imprimir e-mail

Brasão

 

Presidente da Junta: Carlos Alberto Novais
Área: 4.100 ha
Habitantes: 700
Distância à sede concelho: 20 Km

 

Lagoaça é uma freguesia do concelho de Freixo de Espada à Cinta, donde dista cerca de 20 km da sede de concelho.

É uma aldeia cujo termo tem duas zonas distintas: uma área de planalto de terras férteis e com características climáticas e de produções agrícolas próprias de Trás-os-Montes; uma outra área é a Terra Quente, com terrenos acidentados para as encostas do Douro e com culturas e microclima específicos do Alto Douro.
A noroeste da povoação, encontra-se a Serra de Lagoaça. No seu cume há ruínas de uma atalaia, a que o povo chama Outeiro de Lagoaça, provavelmente construída nalgum período de guerra peninsular. Aliás, em 1644 dá-se o saque de Lagoaça e Fornos pelos Castelhanos.
Quanto à designação de “Lagoaça”, a etimilogia da palavra deverá ter origem no significado de terreno alagadiço, pantanoso ou pequena lagoa. Reza a lenda que a origem do nome tem a ver com uma serpente descomunal e ferocíssima, conhecida por todos pelo nome de «Lagóia», que habitava uma caverna para os lados do Vale de Santa Marinha. Quando a fome apertava ou por qualquer outro motivo despertava do seu torpor, a Lagóia saía do seu esconderijo e ai da criança ou adulto que lhe estivesse ao alcance. Fez tantas vitimas ao longo dos tempos que as gentes viviam aterrorizadas, as montarias para a sua captura nunca davam resultado porque o ofídio escapava sempre, até que conseguem enfrentar o terrível réptil sem recuos e todos armados de instrumentos cortantes liquidam o malvado bicho, voltando desta forma a paz e a serenidade a esta terra. Lagóia, por evolução fonética, originaria o topónimo actual de Lagoaça.    
Há muitas outras referências a Lagoaça, que foi um curato do Marquês de Távora, passando para a coroa em 1759. Mais tarde passou para o priorado. As pinturas rupestres junto da Fone Santa dão a indicação de que o seu passado é já muito remoto.
A sua importância remonta aos tempos de D. Dinis, quando este rei lhe dá foral a 26 de Abril de 1286. Mais tarde vai beneficiar do foral de Bemposta dado por D. Manuel em Lisboa a 4 de Maio de 1512. Pertenceu ao concelho de Mogadouro, antes de ser de Freixo com as reformas administrativas do século XIX. Aliás, desde a sua criação como concelho em 1286 até à sua inclusão definitiva no concelho de Freixo em 1842, Lagoaça teve muitas alterações sob o ponto de vista administrativo, que incluem a pertença à donatoria dos Távoras desde fins do século XVI até 1759.
A Igreja Matriz de Lagoaça é de estilo românico, baixa, horizontal e com contrafortes exteriores, torre sineira simples e central, construída provavelmente nos fins do século XVI. O Nicho e o Campanário são de 1740. O interior é riquíssimo em talha dourada nos altares, com a laje central em cantaria.
É uma aldeia com várias Capelas: a de Santo António, a qual possui um relógio de Sol na fachada, datada de 1646; a Capela da Senhora da Lapa; a Capela do Senhor da Santa Cruz, entre outras.
A actividade básica de Lagoaça é a agricultura acompanhada da pecuária. Tem oliveiras com muita azeitona de conserva, cereal, alguma castanha e vários pomares de abundantes frutos, dos quais se destaca a laranja.
É uma terra rica em tradições e cultura, sendo de destacar as grandiosas Festas em Honra de Nossa Senhora das Graças, que decorrem em Setembro, e a Festa de Santo António.
A sua vida quotidiana tipicamente rural, os seus recantos e soalheiras de Inverno, a pureza bucólica do seu ar e da sua paisagem, fazem de Lagoaça uma aldeia rural transmontana apetecida por muitos e que é o orgulho dos seus naturais.
O Miradouro da Cruzinha coloca-a sobranceira ao Douro num declive acentuado, onde a nossa vista se enche de espaço e respeito contemplativo da natureza. Lugar excelente para uma tarde bem passada em convívio com os amigos e, porque não levar uma boa refeição à maneira local, onde não faltem o salpicão, o presunto, o queijo, as azeitonas, o vinho e o pão caseiro.

 

 

 

Contactos:

Junta de Freguesia de Lagoaça
Rua Nova
5180-231 Freixo de Espada à Cinta
  279 649 936